Como Escolher Quadros para Cada Cômodo da Casa

Você quer investir na decoração das paredes de sua casa, mas não sabe qual tipo de quadro combina com o ambiente? Aprenda a escolher o quadro ideal para cada cômodo com nossas dicas abaixo.

Escolha a parede Antes de escolher os quadros, defina quais paredes serão contempladas com essa decoração. Tendo isso definido, fica mais fácil saber que tamanho o quadro terá, se ficará próximo de móveis, se poderá ser horizontal ou vertical, etc.

Para paredes largas, aposte em quadros horizontais; paredes estreitas pedem o oposto, ou seja, quadros na vertical. Tanto quadros quanto paredes devem ser proporcionais, porque se a parede for larga e tiver uma tela pequena, a obra se perderá na proporção e não terá destaque.

Você pode inclusive colocar quadros em toda a parede, se preferir, fazendo composições com quadros de diversos formatos (os famosos polípticos), desde que o modelo seja moderno, pois essa não é uma tendência para obras clássicas. Aqui se deve atentar também para o equilíbrio entre os quadros, que precisam formar um conjunto harmonioso.

Cuidado com a iluminação

Outro ponto importante antes de definir o quadro ideal para cada cômodo se refere à iluminação. Ou seja, se a tela receber sol diretamente, poderá estragar sua pintura. Da mesma forma precisa-se ter cuidado com luz artificial, que pode queimar a obra.

E mais: obras envidraçadas sem antirreflexo podem ter sua visualização prejudicada caso haja bastante iluminação por uma janela próxima, comprometendo sua apreciação. Nesse caso, preza-se por luz indireta. Tomadas essas precauções, podemos nos aprofundar no assunto em questão.

Quadros para salas

Se a decoração do ambiente for neutra, feita com cores frias, a tela pode ter tons quentes, chamativos, em um quadro grande. Assim, o cômodo ganha vida sem comprometer o equilíbrio. Para melhor visualização, recomendam-se quadros de 1,60m, aproximadamente.

quadro-na-sala-de-estar

polípticos-sala

Sobre esse tema específico, temos um post só sobre decoração de quadros na sala. Vale a pena dar uma olhadinha.

Ah, não esqueça que na nossa loja temos excelentes quadros para sua sala como o quadro Casal do artista Caio Borges. Entre e veja, porque pode ser o quadro que você tanto procurou.

 

Quadros para quartos

A decoração de uma casa reflete a personalidade do morador, mas em seu quarto isto está ainda mais pronunciado. Portanto, o quadro ideal para o quarto é aquele que reflete o gosto do morador.

Se preferir, temos uma dica interessante, que traz elegância e sofisticação: disponha quadros menores, com molduras neutras e telas simples. A sugestão é válida para quem não gosta muito de ousar, mas pessoas modernas podem dar um toque especial com obras vintage ou figuras abstratas.

Quadros para escadas Colocar quadros nas escadas é uma tendência bastante bacana, por isso o local também receberá nossas dicas de decoração. A mesma sugestão vale para passagens ou corredores, certo?

Nesse caso, a composição mencionada anteriormente é bastante indicada, podendo ser colocadas fotos de família, por exemplo, de tamanhos e formatos diferentes. Quer inovar? Acompanhe o sentido dos degraus com os quadros.

 

quarto-decorado-com-quadros

 

quadro-decorativo-quarto

Quadros para cozinha

Cozinha é sinônimo de alegria, de amor e carinho transmitido em forma de alimentos preparados para a família e os amigos. Portanto, merece ser decorada da mesma forma. O quadro ideal para cozinha é aquele que reflete a felicidade do ambiente, em cores quentes, chamativas e alegres.

Aposte em temas divertidos e diferentes, podendo ou não fazer parte do universo culinário: frutas, xícaras de café, natureza, animais, cozinheiros em ação, flores, etc. são os quadros mais utilizados em cozinhas.

 

decore-sua-cozinha-com-quadro

Quadros para banheiro ou lavabo

Quem disse que o banheiro não pode ter um quadro também? É uma excelente forma de renovar o visual, remetendo à limpeza, saúde, estilo e elegância ao mesmo tempo. Além disso, os quadros podem camuflar imperfeições nos azulejos ou marcas de tubulação.

Os quadros ideais para banheiro têm mais a ver com o tamanho do ambiente e com o gosto do cliente do que com a obra em si. Podem ser modernos, ecléticos, vintage, etc., de preferência com as cores similares ao acabamento do cômodo e com molduras planas.

quadro-banheiro

Foto copiada de Houzz

No site Limão na água, existem outras dicas para banheiro bem decorado.

Quadros para todos os cômodos

Como você pode perceber, todas as dependências da casa podem conter quadros em sua decoração. Não citamos aqui para não nos estendermos muito, mas é possível colocar quadros na área de lazer, na lavanderia, no escritório, no hall de entrada, etc., basta que você queira fazer isso.

O quadro ideal para cada cômodo é aquele que reflete a sua personalidade e que deixa o ambiente mais bonito, ao mesmo tempo em que cria harmonia com os outros itens decorativos do local. Isso é o importante.

Esse post ajudou você ? Compartilhe! Se gostou, gostaríamos de saber a sua opinião.

Como Escolher o Estilo de Pintura para a Sua Casa

Você quer escolher quadros para sua casa, mas não sabe qual o estio de pintura ideal? Abaixo daremos dicas que poderão auxiliar você nessa decisão. Confira.

Tela abstrata

As formas concretas são deixadas de lado nesse caso, representado por cores, linhas e formas que não representam objetos, figuras ou paisagens. No estilo abstrato, a pessoa que admira uma tela é convidada a encontrar um sentido na obra, sem dependência com o pensamento do artista que a pintou.

 

Tela abstrata

O estilo de pintura abstrato é um coringa na decoração da casa, pois combina com quase todos os tipos de ambiente, proporcionando sofisticação e alegria. A única atenção necessária se refere à harmonia com a mobília do local, pois deve haver equilíbrio.

Ambientes sóbrios pedem telas abstratas que tenham cores mais alegres e intensas. Se a pessoa quiser aumentar a sofisticação de um cômodo, pode dar destaque à tela se optar por cores mais escuras. Se a obra tiver desenho chamativo ou formas geométricas grandes, o ambiente ganha modernidade e estilo.

Pede-se que a escolha de quadros abstratos se dê pela afinidade com as cores, linhas e formas da tela, além de atentar-se pelo equilíbrio com os móveis presentes no cômodo.

Na loja do nosso site, o artista Marcos Icó é excelente no estilo abstrato, veja algumas de suas obras.

Tela realista

O estilo de pintura realista é aquele onde a tela se assemelha a uma paisagem real, por exemplo. A obra do realismo é como uma fotografia do lugar, com riqueza de cores e detalhes.

Nesse tipo, os apreciadores podem perceber o melhor ângulo retratado, a melhor iluminação, características do modelo e o talento do artista. Quanto mais realista for uma tela, mais bela ela é.

Ambientes tradicionais ou clássicos ficam excelentes com paisagens realistas, pois retratam exatamente paisagens ou cenários da realidade, complementando a decoração de cômodos assim. E mais: quadros realistas podem ficar, preferencialmente, no hall de entrada, pois criam um espaço mais claro e limpo. Tenha-os em formato de painel, com telas chamativas e que afirmem sua presença. O destaque fica por conta de cores fortes e desenhos exatos.

Porém, devemos frisar que o quadro deve seguir a personalidade dos moradores da casa. Adquira paisagens e cenários realistas se você apreciar esta técnica.

Tela impressionista

Impressionismo é o terceiro e último dos estilos de pintura existentes. Assim como os outros tipos citados (abstrato significa sem definição e realismo é semelhante ao real), uma tela impressionista é aquela que impressiona, que causa impressão aos apreciadores da obra.

Se você analisar um quadro de Monet, famoso pintor impressionista, poderá constatar que as cores e pinceladas dão impressão de paisagem. Um quadro assinado por ele possui esse nome: Impressão. O estilo impressionista é aquele onde as pinceladas se assemelham a manchas sem contorno. Apreciadas de longe, nossos olhos veem apenas formas e luminosidade. Essa é a grande característica de uma tela impressionista: proporcionar à obra luz e movimento. É o oposto do realismo, pois os adeptos dessa arte acreditam que a realidade pode ser expressa por uma fotografia, não havendo necessidade de uma tela fazer isso.

  

Não sei qual é o meu estilo

Se você não se encaixou facilmente em nenhum dos três estilos de pintura para a sua casa, leve alguns fatores em consideração:

1 –  A obra deve refletir a personalidade dos moradores;

2 –  Deve ter harmonia com o ambiente, sem combinar com a mobília. O local deve ficar harmonioso, mas não necessariamente uma cor presente no quadro deve estar nos móveis ou na decoração;

3 –  Verifique se a obra te agrada, se é original, o que a torna única, que mensagem ela te passa e o que ela tem a ver com você;

O estilo do quadro deve combinar com o estilo do ambiente, trazendo equilíbrio. Se a sua sala de jantar é clássica, ela pede uma tela com natureza morta. Para sala de estar se recomenda tela com paisagem, caso siga o mesmo estilo clássico. Quadros impressionistas ficam ótimos em ambientes mais modernos.

A cor da pintura também influencia o ambiente, independente se a tela for abstrata, realista ou impressionista. E você não deve se esquecer de harmonizá-la com a moldura, dando destaque à imagem e não ao seu contorno.

Se você olhar para um quadro e se sentir agradável com a tela em sua casa, isso é mais importante do que o estilo de pintura.

Como escolher molduras para quadros

Molduras com qualidade

Quadros são elementos que transformam um ambiente, decorando-o com estilo e elegância. Porém, é preciso atentar-se à escolha da moldura, detalhe que as pessoas parecem não se preocupar muito, mas que faz toda a diferença. Aprenda a escolher moldura para quadro e obtenha informações relevantes a esse quesito.

Combinação harmoniosa com a tela

A moldura deve fazer uma combinação harmoniosa com a tela, evitando conflitos de decoração. Isto é, se a pessoa não se preocupar com a escolha do conjunto, ela pode comprometer o clima da obra.

Qual é a moldura certa?

Já que esse é um aspecto tão importante, como escolher a moldura certa para um quadro? Vamos a algumas dicas:

* A moldura deve combinar com o desenho da tela. Se a obra for algo pequeno, com tema leve, deve-se preferir molduras retas e também pequenas; se o tema da tela for algo mais marcante ou complexo, a moldura deve acompanhar, então ela pode ser mais espessa e trabalhada;

* As cores também influenciam e merecem atenção. Se a tela é rica em cores quentes, como amarelo, vermelho, laranja ou marrom, recomenda-se que a cor da moldura seja semelhante, para não causar confusão visual; se os tons forem mais frios, como branco, azul ou verde, a moldura pede cor mais neutra, como prateada ou com tonalidade apresentada na tela, sem despertar mais atenção do que a obra em si;

* Se a tela retratada apresentar perspectiva, recomenda-se escolher uma moldura côncava para o quadro, que realça esse efeito. A concavidade é representada pelo meio mais elevado que as bordas. Se não houver necessidade de realce, você pode optar por molduras convexas, isto é, com o centro mais elevado. Isso tudo é feito para destacar a obra, em harmonia com seu caixilho.

 

O uso de vidros nas molduras

Se a obra precisar ser protegida por vidros, a recomendação é escolher o tipo antirreflexo, para que ela não fique semelhante a um espelho e não comprometa a imagem. Você encontra facilmente vidro desse modelo em vidraçarias, o que faz uma grande diferença na hora de visualizar os detalhes da tela.

Vidro em Quadros

Principais erros cometidos

Muitas pessoas cometem erros ao escolher moldura para quadro, inconscientemente, por falta de conhecimento de decoração. Suas intenções são boas, mas elas comprometem a harmonia do ambiente e deixam de valorizar a tela. Abaixo você pode conferir as principais falhas praticadas:

Combinação com cores do local

Como você percebeu no artigo, a cor da moldura deve harmonizar com a cor da tela, e não com a cor predominante no cômodo. Quadros não são objetos de mobília, eles decoram o ambiente e valorizam uma obra, então é errado escolhê-lo para combinar com as cadeiras, por exemplo. Apesar disso, a escolha das molduras representa unidade, como você verá adiante;

 

O peso visual da moldura está na largura

Erroneamente, muitas pessoas acreditam que a moldura pesa visualmente quando é larga. Na verdade, o peso está relacionado com a cor e não com a largura do caixilho. Então, é possível escolher uma moldura mais larga, sem comprometer a obra;

 

Moldura larga

 

Branca é a melhor cor

Na dúvida, muita gente prefere moldura branca porque acreditam não ter erro. É verdade que essa é uma cor neutra, mas nem sempre é a melhor escolha. O branco só serve quando está presente na tela, senão a moldura ganha muito destaque em relação às outras cores do quadro, o que não é adequado. Veja e compare:

 

Molduras bonitos

Moldura tira atenção para a obra

Você agora sabe que isso é uma inverdade. A moldura serve para harmonizar a tela, dando destaque a ela, e isso é possível quando é bem escolhida. Inclusive, ela pode salvar um quadro que não é bonito. Veja o erro:

 

Moldura Valeriana

Mesma moldura para todos os quadros

Agora você também pode dizer que isso não é adequado, pois cada quadro tem suas características e merece uma moldura especifica para si. A não ser que as telas sejam todas de um artista, formando um conjunto na mesma parede. Nesse caso, molduras iguais para as obras representa unidade.

Escolher moldura para quadro não é difícil, apenas requer alguns cuidados. Assim, o quadro ficará em harmonia com o ambiente, mas, em primeiro lugar, a tela deverá harmonizar com o seu caixilho, fazendo com que a obra ganhe destaque.

Melhor moldura